Translate

quarta-feira, 23 de março de 2011

EM MINHA VIDA, PRECISEI DE ESTRELAS PARA ILUMINA-LA, E VEJO QUE MINHAS ESTRELAS NÃO ESTÃO SE APAGANDO, ESTÃO VOLTANDO DE ONDE VIERAM...



A atriz britânica Elizabeth Taylor morreu nesta quarta-feira (23) aos 79 anos por problemas cardíacos. Internada no início do mês passado no hospital Cedars-Sinai, em Los Angeles, a estrela hollywoodiana se tratava há semanas. Michael Wilding, um dos filhos da atriz, divulgou um comunicado: "Sempre seremos inspirados por sua contribuição ao mundo".

Apesar da internação e de complicações recentes, a condição de Taylor era considerada estável e se esperava que a atriz se recuperasse e pudesse voltar para casa. Em 2009, Taylor havia sido submetida a uma cirurgia para substituir uma válvula defeituosa no coração. Ela usava uma cadeira de rodas há mais de cinco anos para lidar com sua dor crônica.

Uma porta-voz confirmou que Taylor estava acompanhada por seus filhos – além de Michael, Christopher Wilding, Liza Todd e Maria Burton. Ela deixa 10 netos e quatro bisnetos.

Liz Taylor ficou conhecida em todo o mundo por sua beleza estonteante, seu talento e seus dramas na vida real. Considerada uma das últimas divas da antiga Hollywood, a atriz começou a atuar ainda pequena, sendo reconhecida com Oscar ao longo de sua carreira, por "Disque Butterfield 8", em 1961, e "Quem Tem Medo de Virginia Woolf?", em 1967, além de ter obtido outras três indicações – em 1958, por "A Árvore da Vida"; em 1959, por "Gata em Teto de Zinco Quente"; e em 1960, por "De Repente, No Último Verão". A eterna Cleópatra teve sete maridos e se casou por oito vezes (duas com Richard Burton), além de posar ao lado de diversos namorados e amantes. Lutou por anos contra a dependência das drogas e do álcool e dos distúrbios alimentares.

3 comentários:

Anônimo disse...

que bom que voltou!!!mesmo por um
acontecimento tão triste.
Mas,é sempre bom ler sua alma,é linda!
beijinhos ,naõ suma! saudades!!!

MÔNICA

Vanessa Diniz disse...

É uma pena,perdemos uma atriz assim,be3ijão

Arq.Auriele disse...

DIVA!com certeza o estilo dela se eternizou ...